“Tudo que é belo é absurdo.

A alegria é uma experiência não utilitária.
Amor, paz, iluminação –todos são absurdos,
absurdos no sentido de que nenhum deles
possui um sentido para além de si mesmo.”

Desenvolvido por O Tao do site