Osho

domingo, 30 outubro , 2011 postado por keli

Whenever you think that understanding will arise, you think you must be there and understanding will arise. No, you will not be there. In understanding you disappear, just like the dew on the grass leaves disappears, evaporates, when the sun rises.
Osho

Quando você pensa que a compreensão virá, você pensa que você deve estar lá e a compreensão surgirá. Não, você não estará lá. Na compreensão você desaparece, exatamente como o orvalho nas folhas do capim desaparece, evapora, quando o nasce o sol.
Osho

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Osho ( Via Satyaprem )

quarta-feira, 26 outubro , 2011 postado por keli

?”Toda a minha abordagem é existencial. Se você realmente quer saber o que significa ir para dentro, então vá para dentro! E o caminho é: observe os seus pensamentos e não se identifique com eles. Simplesmente permaneça um observador, completamente indiferente, nem contra nem a favor. Não julgue, porque qualquer julgamento traz identificação. Não diga, ‘Estes pensamentos são errados’ e não diga, ‘Estes pensamentos são bons’. Não faça comentários sobre os pensamentos. Deixe que eles passem como se eles fossem apenas a passagem do tráfego e você está de pé ali ao lado da rodovia despreocupado, olhando o tráfego. Não interessa o que está passando, um ônibus, um caminhão ou uma bicicleta. Se você puder observar o processo de pensamentos de sua mente com tal despreocupação, com tal desapego, não estará longe o dia em que todo o tráfego desaparece… porque o tráfego somente pode existir se você seguir dando energia para ele. Se você parar de dar energia para ele… E isso é o observar: parar de dar energia para isso, parar a energia que se move dentro do tráfego. É a sua energia que faz aqueles pensamentos se moverem. Quando a sua energia não os está alimentando, eles começam a cair, eles não conseguem se manter em pé por si mesmos. E quando a rodovia da mente estiver completamente vazia, você está dentro. Isso é o que eu quero dizer, Vijen, quando eu digo ‘Vá para dentro’. E isso é o que Buda quer dizer quando ele diz: ‘Siga a sua natureza’.”
O s h o

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Satyaprem

terça-feira, 25 outubro , 2011 postado por keli

Brasil, 25/10/2011 – Diário

” Ouçam esse poema do Liquorman:
Você acredita que pode fazer uma diferença.
Você acredita que a sua dor é culpa sua.
Você acredita que pode fazer melhor.
Você acredita que é responsável.
Você acredita em todo o tipo de merda.

Ram Tzu sabe isso:
Quando Deus quer que você faça algo, você acredita que é a sua própria ideia.

Como seria se pudéssemos olhar para a vida e os seus acontecimentos, não como fazedores, não como responsáveis, mas, de verdade – vou usar uma palavra aqui que é totalmente imprópria psicologicamente para as pessoas saudáveis e estabelecidas no sistema, mas entenda-me como puder -, como totalmente irresponsáveis?
Você não faz as coisas, as coisas acontecem!
É claro que se pudesse, você faria melhor.
Eu não tenho dúvida disso.
Eu sei que você não magoaria ninguém, não faria nada errado… mas como?”

Satyaprem

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Ramana (do face de Premodaya Leela)

quarta-feira, 19 outubro , 2011 postado por keli

Não existe o “realizar o Ser”. Como é possível real-izar, ou “tornar real”, aquilo que já é real? As pessoas “realizam”, ou encaram como real, o que é irreal, e tudo o que precisam é desistir de fazer isso. Quando você fizer isso você permanecerá como [realmente] é e sempre foi, e o Real será Real. Todas as religiões e suas práticas surgiram apenas para ajudar as pessoas a desistirem de ver o irreal como real.
Ramana

Satyaprem Prem ?”e isso é realização!” paramahansa gororoba

Premodaya Leela love beloved!

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Desenvolvido por O Tao do site