"A meditação não é a solução para nenhum problema em particular – ela não resolve nada. Ela simplesmente o ajuda a sair da mente, a criadora dos problemas; ela simplesmente o ajuda a deslizar para fora da mente, como uma cobra desliza para fora de sua velha pele.

Uma vez que descubra que você não é a mente, a grande transcendência aconteceu. De repente, todos os problemas se tornam insignificantes e, lentamente, se evaporam. Você é deixado com uma profunda paz – um grande Silêncio prevalece. Esse Silêncio é a solução. Essa paz é a resposta. A resposta de todas as respostas."

Osho

vipassana

Esta meditação consiste basicamente em observar a respiração. É um método que pode ser feito em qualquer lugar, a qualquer tempo, mesmo que você só tenha alguns minutos disponíveis. Você pode simplesmente observar o subir e descer de seu peito ou barriga quando a respiração entra e sai, ou tente esta versão:

Passo 1: Observe a Inalação

Feche seus olhos e comece observando sua respiração. Primeiro, a inalação, de onde ela entra pelas suas narinas, direto para seus pulmões.

Passo 2: Observe o Intervalo Que Segue

No final da inalação há um intervalo,antes que a exalação comece. Isso é de imenso valor. Observe o intervalo.

Passo 3: Observe a Saída do Ar

Agora observe a exalação.

Passo 4: Observe o Intervalo Que Segue

No final da exalação há um segundo intervalo: observe esse intervalo. Pratique esses quatro passos por duas ou três vezes – somente observando o ciclo da respiração, não alterando-o de maneira alguma, apenas observando o ritmo natural.

Passo 5: Contando as Respirações

Agora comece a contar: Inalação – conte 1 (não inclua a exalação), inalação – 2, e assim por diante, até 10.
Depois conte de 10 voltando até 1. às vezes você pode esquecer de observar a respiração ou você pode ir além de 10. Então comece de novo, de 1.

 

“Essas duas coisas devem ser lembradas: observar, e particularmente os intervalos no topo e no fundo. A experiência desse intervalo é você, seu âmago mais interior, seu ser.
E segundo: continue contando, mas não mais do que dez; e retorne até um; e só conte as inalações.

Estas coisas auxiliam a conscientização. Você precisa ficar atento, senão você começará a contar a exalação, ou você irá ultrapassar 10.

Se você gostar dessa meditação, prossiga com ela. Ela é de imenso valor”. Osho

Desenvolvido por O Tao do site