Satyaprem – A mente não observa

segunda-feira, 18 julho , 2011 postado por keli

Participante – Satyaprem, se estou no controle das emoções, como faço para observar estas emoções?

Não há controle das emoções, mas uma desidentificação com elas. Você precisa ficar muito atento, porque não há nenhum propósito em controlar as emoções. As emoções nascem de um agente provocador. O que estou esclarecendo aqui é que as emoções não têm nada a ver com quem você realmente é. Então, observe!

Participante – E o que seria observar?

Seria observar sem que tenha alguém observando.

Participante – Do contrário, é a mente.

Sim – e a mente não observa, ela julga. Raiva surge em seu campo sensorial e a mente diz “Eu não deveria estar com raiva”. Isto não é observação. A observação possibilita a investigação de quem está com raiva e a visão de que, diante da revelação de sua origem, a raiva e o que decorre dela somem.

Na observação não há qualquer preocupação com a raiva – há um movimento muito mais alongado em que tudo é aceito incondicionalmente.

Comece a observar e veja que não tem ninguém observando, nem nada para ser observado. Só há observação, em si. Ninguém sabe o que está acontecendo.

Satyaprem – texto do livro “Você é o Buda”.

categorias Comum | Ainda sem comentários, seja o primeiro! »

Compartilhe!

Deixe uma resposta

Desenvolvido por O Tao do site