Satyaprem – diário 17 de fevereiro 2012

sexta-feira, 17 fevereiro , 2012 postado por keli

Foto: Sítio Leela | Osório | RS

O meu convite é para que você suma no aqui e agora.
Apenas um vislumbre é necessário e você poderá notar que aquilo que você é, já está aqui e agora.
Olhe para aquilo que ressoa como Verdade em você e entregue-se.
A Verdade toma diversas formas para empurrá-lo em direção ao seu próprio amanhecer.
Um vislumbre de compreensão, e aquilo que é irreal se revela falso e some.
E não tente perpetuar tal “experiência” na sua mente, porque não há a menor possibilidade de você recordar-se do agora.
O agora não precisa ser lembrado, aquilo que você é, agora, não precisa ser lembrado.
A compreensão é como um relâmpago no aqui e agora, para sempre.
O único impedimento é que você acredita, crê, em tudo o que é irreal, improvável, como verdadeiro.
Não pense nem mais por um minuto e veja o que é que permanece.
Um mero insight desarticula toda a direção.
Você não está indo a lugar nenhum.
Fique aqui e agora, sempre.
Para onde você iria, se o aqui e agora é infinito?
Não está ontem nem será amanhã.
Apenas aqui e agora você pode olhar e ver quem você é.

Satyaprem

categorias Comum | Ainda sem comentários, seja o primeiro! »

Compartilhe!

Deixe uma resposta

Desenvolvido por O Tao do site