Tony Parsons fala sobre Cura ( tradução Vasudeva )

sexta-feira, 20 maio , 2011 postado por keli

Questioner: Jesus said, “Physician heal thyself.” What are your thoughts on healing?
Tony: There isn`t anything to heal, really. But until we recognize this, we will attempt to heal what we believe is problematic or not right. Actually, there aren`t any problems, nor is there anything that isn`t right. Disease is what is; old age is what is. There isn`t anyone who “owns” these experiences. This understanding brings with it total poverty and real humility. Humility doesn`t mean a person feels less or smaller than someone else. Real humility can only come about when there is no one. True poverty means that we own nothing because there isn`t a “me” to own anything. So we don`t own ill health or good health; there is just health and ill health. I can`t speak about what`s commonly called healing. However, I think that possibly the most powerful healing comes about when there is no investment in healing, when there is simply present awareness. Presence is worth a thousand years of goods works; it`s endless and priceless. One moment of presence lifts the whole world that we believe exists.

Pergunta: Jesus disse, “médico cura a ti mesmo”. Qual sua opinião sobre a cura?

Tony: Não existe nada a ser curado de verdade. Mas até que reconheçamos isso, nós tentaremos curar aquilo que acreditamos ser problemático ou errado. Na verdade, não existem problemas, tampouco nada que esteja errado. A doença é o que é; a velhice é o que é. Não existe ninguém proprietário dessas experiências. Esse entendimento traz consigo a total pobreza e humildade. Humildade não significa que a pessoa seja menos ou menor que outra. A Humildade real surge apenas quando não há nenhum “eu.” A verdadeira pobreza significa que não possuímos nada, porque não existe um “eu” para ser proprietário de qualquer coisa. Assim, nós não possuímos a má saúde ou a boa saúde, existe somente a saúde e a doença. Eu não posso falar sobre o que comumente é chamado de cura. Porém, penso que possivelmente a mais poderosa cura acontece quando se deixa de investir na cura, quando existe apenas consciência presente. A presença vale mais que mil anos de bons trabalhos; é infinita e não tem preço. Um momento de presença faz sumir o mundo inteiro que acreditamos existir.

Tony Parsons

categorias Comum | 1 Comentário »

Compartilhe!

Deixe uma resposta

Desenvolvido por O Tao do site