Osho – Livros que Amei

sábado, 30 março , 2013 postado por keli

528440_330790277006000_366749432_n

“ Quando a meditação ri e a risada medita, o milagre acontece …”

Osho ( Livros que Amei )

 

Décimo, e até que enfim o último. Estou com medo – por isso fiquei

um pouco hesitante em dizer ou não dizer – Mulla Nasruddin! Ele não é um

personagem de ficção; ele era um sufi e seu túmulo ainda existe, mas era

um homem tal que não pôde resistir de fazer piada até mesmo de sua sepultura.

Ele fez um pedido… que sua lápide fosse apenas uma porta trancada

com as chaves atiradas no fundo do oceano.

Ora, isso é estranho… As pessoas vão ver seu túmulo e podem rodear

a porta, pois não há paredes. Lá existe simplesmente uma porta em pé

e absolutamente nenhuma parede, e a porta está trancada! O homem Mulla

Nasruddin deve estar rindo do seu túmulo.

Não amei alguém como amei Nasruddin. Ele é um dos homens que

uniram a religião com a gargalhada, de outro modo elas sempre ficaram

de costas uma para a outra. Nasruddin as forçou a abandonarem sua

velha inimizade e a se tornarem amigas, e quando a religião e a gargalhada se

encontram, quando a meditação ri e a risada medita, o milagre acontece …

milagre de todos os milagres.

Apenas dois minutos para mim.

Sempre adoro parar quando as coisas estão em seu clímax.

Osho

categorias trechos de livros de Osho | No Comments »

Compartilhe!

Osho – Sabedoria das Areias

segunda-feira, 31 dezembro , 2012 postado por keli

“  Lembre-se do rio escutando o sussurro do deserto…hesitante, ele deseja ir além,

ir à procura do oceano, sente que há um desejo, um sentimento sutil, uma certeza e

uma convicção de que “ meu destino é ir além”.

Nenhuma razão visível pode ser dada, porém há uma convicção interna de que ”Não estou destinado a terminar aqui.396255_317959414917055_294985667214430_834927_1754078166_n

Devo continuar a procurar por algo maior.”

Algo no fundo diz: “ Tente, tente duro! E transcenda este deserto “. E então o deserto diz:

“ Escute-me: a única maneira é evaporar nos ventos. Eles o levarão além do deserto”.

Osho ( Sabedoria das Areias )

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Beloved Osho

terça-feira, 11 dezembro , 2012 postado por keli

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Osho ( by Satya no face )

quarta-feira, 24 outubro , 2012 postado por keli

Atisha diz: não pondere sobre os defeitos dos outros, não tem a ver contigo. Não interfere na vida dos outros, não tem a ver contigo. Mas existem grandes moralistas que todo o trabalho deles é olhar quem está fazendo errado. Toda a vida deles é perdida; eles são como cães policiais farejando aqui e ali. todo o trabalho da vida deles é saber quem está errando.
 Atisha diz: esta é uma característica feia e uma completa perda de tempo e energia. não somente uma perda, mas reforça e gratifica o ego. E quanto mais gratificado o ego se torna, mais se torna uma barreira. e lembre-se, não é somente uma questão de discutir o defeito dos outros. Não se preocupe em demasia com seus próprios defeitos. Tome nota, esteja atento e deixe o assunto se resolver no momento… OSHO

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Osho – Lao Tzu no Tao Te King

quinta-feira, 27 setembro , 2012 postado por keli

O eu nunca pode estar livre – porque o eu em si mesmo  é a amarra.

Este é o significado das palavras penetrantes de Jesus:

Aquele que salva  sua vida deverá perdê-la.

e aquele que perde sua vida irá mantê-la pela vida eterna.

Ou das de Lao Tzu no tao-te-king:

Aquele que se humilha será salvo,

aquele que se curva será endireitado,

aquele que se esvazia será preenchido.

Não é para fazer o eu livre;

muito pelo contrário, tem de se estar livre do eu.

O eu nada mais é que a casca da semente.

Não se apegue a ela.

Canta Wu Ming Fu:

A semente que tem que crescer deve se perder como semente,

e aqueles que se arrastam podem ganhar asas,

como as crisálidas.

Você irá, ó mortal, apegar-se às cascas

que falsamente parecem a você ser você mesmo?

Osho

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Madhuri – Curso de Formação em Massagem Ayurvédica Yoga em São Paulo

quinta-feira, 9 agosto , 2012 postado por keli

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Osho – Quem dá é que deve ficar grato

segunda-feira, 6 agosto , 2012 postado por keli

 

 

 

O mestre Seistsu precisava de acomodações maiores, uma vez que

o prédio no qual ensinava estava superlotado.

Umezu, um comerciante, decidiu doar quinhentas peças de ouro

para construção do novo edifício.

 

Umezu levou o dinheiro ao Instrutor e Seistsu lhe disse:

” Está bem, eu o aceito.”

 

Umezu deu-lhe o saco de ouro, mas ficou aborrecido

com a atitude do Instrutor,

pois dera uma quantia alta –

uma pessoa poderia viver o ano inteiro

com tres peças de ouro – e o Instrutor nem sequer lhe agradecera.

 

” Neste saco há quinhentas peças de ouro,” insinuou Umezu

” Você já disse isto antes”, disse Seistsu.

 

” Até mesmo para mim que sou um rico comerciante, quinhentas peças

de ouro é muito dinheiro” , disse Umezu.

” Você quer que eu eu lhe agradeça por isso?”, disse Seistsu

” Deveria” , respondeu Umezu

 

” Por que deveria? “, perguntou Seistsu. ” Quem dá é que deve ficar grato.”

Osho

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Satyaprem

domingo, 8 julho , 2012 postado por keli

Brasil, 08/07/2012
 Chega um ponto em que você precisa ter coragem para largar tudo e continuar sozinho, você precisa dar esse passo nu e vazio, sem nada. Todos os caminhos servem para chegar até um certo ponto, mas não são o fim, a partir deste não há mais caminho. A razão disso é o fato de não ter onde chegar, não existem dois pontos entre este em que você está agora e um outro no futuro. … Onde quer que você esteja, é aqui e agora. Satyaprem

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Osho by Satyaprem

quarta-feira, 4 julho , 2012 postado por keli

The whole art of meditation is the art of remembering who you are. Fulfillment cannot happen without knowing who you are. How can you be fulfilled if deep within you at the center is darkness, ignorance? If you don’t know yourself, how can you be fulfilled? Before fulfillment, contentment, a basic requirement is to remember. And the miracle of remembering is that the moment you remember yourself, contentment and fulfillment come simultaneously — without any effort on your part. They are flowers of your enlightenment, of your remembrance. OSHO
 

” Toda a arte da meditação é a arte de lembrar  quem você é.

A realização não pode acontecer sem que você conheça quem você é.

Como você pode estar realizado se profundamente dentro de você, no centro, há escuridão e ignorância?

Se você não se conhece, como pode estar realizado?

Antes da realização, do contentamento, um requisito básico é recordar-se.

E o milagre de lembrar-se é que no momento em que você se lembra do seu ser, o

contentamento e a realização vêm simultaneamente, sem nenhum esforço de sua parte.

Eles são flores de sua iluminação, de sua lembrança. “

Osho

categorias Comum | No Comments »

Compartilhe!

Satyaprem – Diário 27-06-2012

quinta-feira, 28 junho , 2012 postado por keli


Brasil, 27/06/2012

Celebre o que te é oferecido agora e não se confunda, não se apegue, pois tudo o que te é dado, pode ser tirado. É por isso que insisto: celebre o que te é oferecido neste exato momento! Reforçando, e até ilustrando isso, Osho fez um pedido: “Veja quem você é, desça da montanha com uma taça de vinho e cante com as crianças no mercado público”.
Satyaprem

categorias Comum, Satyaprem | No Comments »

Compartilhe!

Desenvolvido por O Tao do site